Menu
Presidência
Secretaria Geral
Serviços
Convênios e Parcerias
Departamento Jurídico
Departamento de Assuntos Educacionais
Departamento de Gestão de Pessoas
Comunicação
Notícias
Agenda
Fotos
Links
Acordo Coletivo
Informativo
Lazer
Últimas notícias









A PREFEITA ROSINHA GAROTINHO SE REUNE COM O PRESIDENTE SERGIO ALMEIDA E O PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL, DR EDSON BATISTA E ATENDE REIVINDICAÇÕES DO SINDICATO PARA A CATEGORIA, E REVOGA O AUMENTO DE 7%, QUE PASSA A SER 10%
28/03/2014 

A prefeita Rosinha Garotinho anunciou o pedido de revogação da Lei que concedia aumento de 7% para os servidores públicos, em atendimento ao pedido feito pela categoria, através do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais (Siprosep). “Atendendo a um pedido do sindicato, nós vamos revogar a Lei, do aumento do servidor de 7%, e vamos oferecer os 10%, por que o sindicato nos procurou, junto com meu secretário Fábio Ribeiro, que já fez um estudo e nós estamos encurtando um pouquinho alguns custeios para poder oferecer o pedido do sindicato. Então nós vamos pedir a revogação da Lei e vamos ao invés de sete, passar para 10%, para todos os servidores municipais”, finalizou a prefeita. O presidente da Casa de Leis, vereador Edson Batista disse que a prefeita pode contar com a Câmara na concretização do sonho do servidor público municipal. “Tudo isso é um Projeto de Lei que vou enviar na segunda, no máximo até terça-feira para a Câmara, onde nós vamos regularizar e todos os técnicos de enfermagem e auxiliares passarão a trabalhar as 30 horas. Vamos legalizar tudo isso, inclusive corrigindo o último concurso que nós fizemos”, acrescentou. Estamos modificando a carga horária dos médicos plantonistas do Hospital Ferreira Machado (HFM) e do Hospital Geral de Guarus (HGG). Nós não vamos ter mais plantão de 24 horas para os médicos. Eles farão plantão de 12 horas e receberão uma gratificação, inteirando os salários. Quem trabalha durante a semana, vai receber no total, um pouco mais de R$ 8 mil e quem trabalha dando plantão durante os finais de semana, vai receber um pouco mais de R$ 9 mil”, explicou a prefeita, acrescentando que toda medida requer tempo para implantação e enfatizando que a medida atende apenas aos médicos plantonistas do HFM e HGG, onde o impacto de emergências branca e vermelha é maior.

O secretário de administração e gestão de pessoas, Fábio Ribeiro, falou que segue a política do diálogo com os servidores e que estará reunido com a categoria na próxima semana.